Thaynara Oliveira - Como o mês de São João aproveitar e da saúde não descuidar?

Atualizado: 16 de jun.


O mês de junho é um período alegre e festivo, sobretudo para os nordestinos. Cada santo celebrado é um marco de comemorações, de diversão, de alegria. É tempo de comes, bebes, farras, forrós, fogueiras, fogos, reuniões de família e amigos... É um misto de emoções que, direta ou indiretamente, induz a desequilíbrios nos cuidados com a saúde pela permissa de que “é o único mês do ano com essa energia”. Contudo, passado o mês junino, após os exageros, para muitos bate o arrependimento... E como o mês de São João aproveitar e da saúde não descuidar? Se você curte o mês junino intensamente, não deixe de ler esse texto até o fim, que eu já te respondo!


Pois bem, que tal associar as condecorações de cada santo, aproveitando a alegria que o mês carrega, intensificando os cuidados com a saúde sem culpa?


O primeiro santo celebrado é Santo Antônio, conhecido como santo casamenteiro. Nas vésperas do dia direcionado ao santo, comemora-se o dia dos namorados. Então, como me cuidar nessas datas? Já te digo:


1 – Higiene bucal é fundamental! Afinal, a saúde começa pela boca! Mesmo para quem não vai “beijar muuuuuuito”, a higiene da cavidade oral com escovações periódicas e efetivas, uso de fio dental, são a chave de uma boca saudável e cheirosa;


2 – Se o namoro esquentar, não esquecer de preservativo usar! Camisinha é imprescindível durante as relações sexuais (inclusive sexo oral!), pois permite a prevenção não apenas de gestações indesejadas, como de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs);


3 – Se beber, não dirija! O álcool modifica os reflexos, fragilizando o equilíbrio, o senso de direção, gerando espaço fértil para possíveis acidentes. Excesso de álcool, inclusive, atrapalha não só o trânsito como a vida. Pessoas embriagadas não conseguem aproveitar o melhor da vida e ainda estão mais predispostas a agir inconsequentemente, podendo, inclusive, envolver-se em atos violentos.


O segundo santo celebrado, São João, é tido como santo festeiro. Ele faz jus ao seu adjetivo e é ícone do mês de junho. Na data, além das tradicionais fogueiras, comidas fartas que têm como matéria-prima milho, mandioca, amendoim, tapioca, há a queima de fogos e muito forró. Eita, coisa boa! Como aproveitar sem culpa?


4 – “Peixe morre pela boca!” Tudo bem que as comidas típicas são convidativas e deliciosas, mas, comer com moderação é importante. Principalmente, se você for portador de alguma doença crônica metabólica como o diabetes, que muito rapidamente se descompensa com a ingesta de alimentos ricos em carboidratos, substâncias largamente encontradas nas comidas típicas. A dica é: vá devagar!


5 – Exagerou na comida e/ou na bebida? Capriche na hidratação e na ingesta de alimentos anti-oxidantes a exemplo de frutas e verduras;


6 – Cuidado com as doenças respiratórias! Por ser um período de chuvas abundantes, mudança de clima, formação de aglomerações, excesso de fumaça, é necessário cuidar do sistema respiratório. Pessoas com asma, rinite alérgica e/ou doenças pulmonares de qualquer natureza, devem intensificar os cuidados, evitando os fatores desencadeantes. Uma dica de ouro é a lavagem nasal com soro fisiológico.


O terceiro santo, São Pedro, encerra o mês de junho com “chave de ouro”. Quem não festejou os outros santos aproveita para festejá-lo e quem festejou todos busca aproveitar cada minuto antes que os dias acabem. Além de todas as precauções já citadas, é necessário ter cuidado com:


7 – Fogos de artifício! Sobretudo com crianças. Nesse período os acidentes com fogos aumentam a ocupação de leitos destinados para pacientes com queimaduras graves em hospitais. Precaução nunca é demais! Fogos com pólvora com crianças é uma combinação perigosa;


8 – Banho de chuva e exposição excessiva a umidade pode desencadear e/ou agravar problemas respiratórias. Choveu e molhou a roupa? Tenta trocá-la assim que possível. Além disso, evitar dormir de cabelos molhados. É importante estar bem aquecido.


9 – Os olhos também sofrem no período junino. A exposição à fumaça, oscilação de temperaturas fazem com quem as mucosas oculares desidratem, propiciando, sobretudo, irritações, prurido e sensação de “areia nos olhos”. Uma boa dica é evitar exposição excessiva a fumaça, além de estar em dia com a consulta oftalmológica, lavar os olhos com solução fisiológica e, para quem tem indicação, utilizar colírio lubrificante.


10 – Fogueira não é brincadeira! Ao acender a fogueira, evitar utilizar produtos inflamáveis. Posicione-a em locais seguros. Evitar jogar resíduos de fogos dentro da fogueira e ou qualquer outro produto que não seja madeira para evitar incêndios. Cuidado ao “pular fogueira”, principalmente, as crianças! A folia acabou? apague a fogueira! As brasas devem ser apagadas para evitar acidentes.


Sem dúvidas a alegria do mês de São João deve ser vivida e festejada. Com cautela é possível aproveitar e se cuidar. Lembre-se, que as inconsequências de atitudes de um mês refletirão nos próximos meses, quiçá a vida toda. Bora aproveitar e viver com responsabilidade! Feliz festejos juninos!

Thaynara Oliveira Médica - CRM/SE 6070 * o texto acima é meramente informativo e não substituiu a consulta médica.

0 comentário