Robério Santos - 84 anos da morte de Lampião, a verdade por trás da história

Hoje a história do cangaço no Nordeste chega a seu ponto mais alto antes de começar a cair. Na tarde do dia 27 de julho de 1938, as tropas comandadas por João Bezerra começam a se movimentar neste grande jogo de xadrez que teve seu Xeque-mate no amanhecer do dia 28 com a morte de Lampião, sua esposa Maria Bonita e mais nove companheiros na Grota do Angico. Do lado da volante, morreu Adrião. Para quem estuda o cangaço, mas estudar mesmo, sabe muito bem da veracidade destes fatos. Contrariar isso é um direito de todos, mas não um dever de se tornar cânone. Abraço aos que tem compromisso com a verdade (que não foi criada pelos historiadores)!



Tem interesse em saber muito mais sobre o fantástico mundo do cangaço? Se inscreva no canal O Cangaço na Literatura no YouTube. Até logo!

0 comentário

1/3

1/3

1/3

Malhador

1/3

1/3

1/3

1/3