Reestruturação da rodovia que liga Malhador à BR-101 melhora trafegabilidade na região


Segue em ritmo acelerado a reestruturação da Rodovia SE-245, no trecho que liga a BR-101 (Pedra Branca/Laranjeiras) ao Povoado Candeias (Moita Bonita), passando por Riachuelo e Malhador; a renovação da malha viária estadual, proporciona mais segurança aos condutores e desenvolvimento econômico da região.


A obra é executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e pelo Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), com investimentos de R$ 17.773.700,01 em uma extensão de 32,3 km.


Na execução dos serviços de recuperação da SE-245, no trecho entre a BR-101 (Pedra Branca) e Riachuelo, o investimento será de R$ 4.121.270,77 em uma extensão de 6,90 km. A rodovia terá 8 metros de largura, sendo duas pistas de rolamento com 3,00 m (três metros) cada e dois acostamentos com 1,00 m (um metro) cada e receberá 5.299 t de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).


Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, a recuperação da via envolverá o processo de reciclagem do asfalto. “Esse pavimento que aqui se encontra será incorporado à base anterior com mais uma adição de 5 centímetros de brita graduada. Após isso, após a compactação, vem novamente com a camada chamada de imprimação, que tem a função de permeabilização e de ligar a base anterior à camada de revestimento e colocaremos uma nova capa com a espessura, nesse caso aqui de 4 centímetros de concreto asfalto quente”, informou.


Já na execução dos serviços de renovação do trecho da SE-245, que vai da sede municipal de Riachuelo ao entroncamento da SE-170, no povoado Candeias (Moita Bonita), o investimento será de R$ 13.652.429,24 em 25,40 km de extensão. A pista de 8 metros de largura receberá 19.507 t de Concreto Asfáltico Usinado a Quente (CAUQ).


Valdir dos Santos, nascido em Riachuelo, é taxista há 35 anos e aprova as melhorias da obra em andamento, destacando a questão da trafegabilidade. "À vista do que era, a rodovia está bem melhor. Agora, me sinto mais seguro rodando porque a rodovia melhorou”, disse Valdir, ressaltando, ainda, a economia com a manutenção de seu carro. “Sem os buracos, vou ter menos despesas com reparos na oficina”, complementou.


Paula Franciele Barreto dos Santos vive em Malhador, mas é natural de Laranjeiras. Como faz o trajeto com frequência, a dona de casa também atesta as melhorias. “O asfalto está bem melhor tanto para os motoristas, eu creio, quanto para nós, passageiros. O trajeto agora é mais rápido e mais confortável”, afirma.


O motorista de transporte intermunicipal, José Felipe Santana dos Santos, concorda com Paula Franciele. “Hoje, está bem melhor, com mais segurança para trafegar”, confirma José Felipe que atua na área há cinco anos.


Além de trazer mais conforto e segurança para a população, a reestruturação é estratégica para o desenvolvimento da região, por onde circulam diariamente centenas de caminhões que transportam fertilizantes produzidos no estado para o Nordeste e para o Brasil, assim como produtos agrícolas, principalmente os ligados à atividade açucareira e a produção de inhame de Malhador.


Fonte: ASN






0 comentário