Redes municipal e estadual retomam as aulas 100% presenciais nesta segunda-feira (07) em Malhador




Estudantes das redes estadual e municipal de ensino de Malhador retornaram, nesta segunda-feira (07), ao ensino 100% presencial nas escolas. A volta às aulas ocorre depois de dois anos do início da pandemia da Covid-19. Durante esse período, as escolas atuaram na modalidade remota ou híbrida, com escalonamento de turmas.


O retorno vai envolver cerca de 2,700 alunos e mais de 500 profissionais da educação, entre professores e funcionários. A rede municipal conta quase 1.900 alunos, já a estadual, que possui apenas duas Unidades de Ensino, terá mais de 800 alunos.


O ensino presencial é melhor para o aprendizado e socialização das crianças. Para os pais, um alívio de verem os filhos voltando às escolas. A saudade dos amigos e dos professores, agora, acabou.


De acordo com o calendário escolar passado pela rede estadual, as aulas vão até 15 de julho e recomeçam no dia 02 de agosto. O término, garantindo os 200 dias letivos, será em 19 de dezembro.


“Volta às aulas... um recomeço de esperança, recheado de alegria, dedicação e esforço. É hora de restabelecer o convívio social, estimular a busca pelo conhecimento e assim semear novos sonhos. Segunda-feira estaremos dando início ao ano letivo de 2022, sem esquecer que infelizmente ainda estamos em uma pandemia e devemos continuar tomando todos os cuidados necessários, se cuidando e assim estaremos cuidando do próximo. Um excelente retorno a todos!”, enfatiza Maria Denize, secretária da Escola Estadual São José


PROTOCOLO


Uso obrigatório de máscara, aferição de temperatura na entrada, disponibilização de álcool gel em locais de maior circulação de pessoas e orientações à comunidade escolar sobre a higienização frequente das mãos, manutenção dos ambientes de ensino arejados, com janelas e portas abertas durante a maior parte do tempo, além de evitar contato físico (como aperto de mãos, abraços e beijos) e o compartilhamento de objetos pessoais.


A desinfecção constante de equipamentos e materiais destinados ao ensino que sejam compartilhados e das próprias instalações das instituições de ensino também estão entre os procedimentos.


Por Cleber Santos

0 comentário