Malhador e mais 48 municípios continuam proibidos de realizar eventos de lazer coletivo em Sergipe

Atualizado: 15 de mar.


As cidades sergipanas que não têm pelo menos 75% da população imunizada com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 estão proibidas de realizar eventos de lazer coletivo desde o dia 08 de fevereiro em Sergipe. A motivação para as medidas do governo do estado foi o aumento de casos da doença e a proximidade do carnaval.


Apenas 26 dos 75 municípios sergipanos vacinaram 75% ou mais população com a segunda dose da vacina contra a Covid-19, os outros 49 estão com percentual abaixo desse. A informação é da Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES). De acordo com o novo decreto do governo do estado, municípios que não alcançarem essa taxa terão restrições.


"Setenta e cinco por cento não é um cenário ideal. A gente, com a nova variante, espera estar acima dos 90% com a ampliação da vacina infantil. Esse é o nosso grande foco", disse diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio Góes.


No estado, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde de Sergipe (SES) deste domingo (13), apenas 26 municípios estariam liberados pelo governo estadual, entre eles estão: Moita Bonita, Santa Rosa de Lima, Nossa Senhora Aparecida, Macambira, Areia Branca, Itabaiana, Aracaju.... (a lista completa você encontra nas imagens abaixo).


Malhador ainda não alcançou a meta e está com 71,4% de cobertura vacinal. Na lista dos outros municípios que também não alcançaram a meta estão: Campo do Brito, Estância, Laranjeiras, Maruim, Boquim, Propriá... (a lista completa você encontra nas imagens abaixo). As cidades que possuem os menores índices de imunização são: Riachuelo (63,6%), Pedrinhas (61,5%) Poço Redondo (61,2%) e Tomar do Geru (58,8%).



Veja as medidas restritivas do governo do estado segundo a 41ª reunião do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (CTCAE) de 8 de março


Eventos de lazer coletivo, como shows, blocos e similares


> Limite máximo de 2.000 pessoas em ambientes externos e 1.000 pessoas em ambientes internos.


> Para eventos a partir de 400 pessoas em ambiente internos e 600 pessoas em ambientes externos, somente será permitido o acesso de pessoas que tenham recebido a 1ª e a 2ª dose ou dose única do imunizante contra a Covid-19, ou que apresentem teste antígeno ou RT-PCR de Covid-19 negativo realizado com no máximo 48 horas de antecedência do evento.


> Proibida a realização de eventos de lazer coletivo em municípios que não tenham atingido pelo menos 75% da população imunizada com a segunda dose. Além disso, a autorização que já tenha sido concedida pela SES será reavaliada.


Outros eventos


> Eventos corporativos, técnicos, científicos, casamentos, formaturas, feiras de artesanato, mostras culturais, feiras de natureza comercial e similares, além de eventos esportivos profissionais e amadores, com exceção dos jogos de futebol profissional (que possuem regras próprias que permanecem vigentes)


> Permanece na situação atual de 5.000 pessoas em ambientes externos e 3.000 nos internos



Por Cleber Santos, com informações da SES/SE

0 comentário