Escola Rural Alecrim recebe a maior premiação da educação sergipana, o Prêmio Escola Destaque

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), realizou na tarde de ontem, 21 de junho, no teatro Tobias Barreto, o Prêmio Escola Destaque Maria Thetis Nunes, que premiou e apoiou financeiramente 60 escolas, além de homenagear mais 90 unidades de ensino das redes públicas, municípios e diretorias regionais de educação que alcançaram os melhores resultados no Índice de Desempenho Escolar em Sergipe (IDESE).

Uma das escolas premiadas foi a Escola Rural Alecrim, do povoado Alecrim em Malhador, ficando em 10º lugar na categoria “alfabetização”. Para o prefeito Assisinho, que estava presente na cerimônia, educação é um dos pilares da sua gestão, “uma das primeiras metas da minha gestão foi transformar a educação do município. Sabemos que é um trabalho árduo, por isso ele aparece aos poucos. Essa premiação no Prêmio Escola Destaque Maria Thetis Nunes eleva a Escola Rural Alecrim ao patamar das melhores do nosso Estado”.


A Escola Rural Alecrim também irá receber o valor de R$ 40.000,00, que segundo Assisinho, serão investidos diretamente na unidade de ensino.

* Fotos gentilmente cedidas pela SECOM/Malhador


O Programa Alfabetizar pra Valer foi instituído em 2019 com a finalidade de fortalecer o regime de colaboração em um Pacto Sergipano pela Alfabetização na Idade Certa, com os 75 municípios sergipanos, visando à garantia da alfabetização de crianças até os 7 anos de idade.


De acordo com Andrea Lima Dantas, diretora da Assessoria e Assistência aos Municípios (Ascam), o Prêmio Escola Destaque irá direcionar um investimento total de R$ 1.500.000,00 em atendimento à lei do Alfabetizar pra Valer (Nº 8.597/2019), que destina recursos às 30 unidades de ensino que apresentaram resultados promissores nas turmas de 2º ano do Ensino Fundamental, e as 30 unidades escolares que demonstraram resultados desafiadores, aferidos pelo Índice de Desempenho Escolar em Sergipe (IDESE). Assim, o valor de R$ 40.000,00 será creditado nas contas das escolas com resultados promissores. Já as unidades que obtiveram resultados desafiadores receberão a contribuição financeira de R$ 10.000,00, além de participar de um intercâmbio entre elas.


Foi a primeira vez que o Estado de Sergipe realizou uma avaliação subnacional, externa em larga escala, o Saese, objetivando a aferição dos níveis de alfabetização e de aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática das turmas de 2º, 5º, 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio. A partir dos dados gerados pelo Saese, foi possível gerar o Índice de Desempenho Escolar em Sergipe (IDESE).


“Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda” - Paulo Freire


Por Cleber Santos

0 comentário