Coleta de dados do Censo Demográfico em Malhador começa segunda-feira, 1º de agosto

Em 1° de agosto, começam em todo o Brasil as entrevistas da 13° edição do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Em Malhador, 11 recenseadores ajudarão nessa operação censitária, visitando cada domicílio ocupado na cidade, com total sigilo e respeito ao informante, para coletar informações sobre as características desses domicílios e seus moradores, cumprindo a missão do IBGE, que é a de “Retratar o Brasil com informações necessárias ao conhecimento da sua realidade e ao exercício da cidadania”.

Os dados coletados no Censo permitirão uma melhor compreensão de como a população brasileira vive, e servirá de base para a elaboração de políticas públicas, e nas decisões de investimentos, seja do setor público como do setor privado. O Censo também tem como objetivo contar a população brasileira, e a atualização do CNEFE (Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos).


Poderá ser entrevistada qualquer pessoa, maior de 12 anos, com a capacidade de prestar informações sobre o domicílio e cada um de seus moradores. A entrevista é feita na hora da visita do recenseador, mas em caso de inviabilidade de prestar informações naquele momento, a entrevista poderá ser agendada em um dia e hora especificado pelo informante.


“Muitos perguntam, ‘mas qual é o real motivo e importância do censo?’. Vamos imaginar que o censo demográfico é uma fotografia de todo o país. O IBGE quer retratar, por meio dessa pesquisa, toda a população brasileira: como ela vive, se comporta e quais as necessidades da sociedade. Então é muito importante para a população responder a nós recenseadores corretamente e cordialmente, pois é assim que os órgãos federais, estaduais e municipais sabem como anda a situação de seu território para o investimento de políticas públicas e iniciativa privada”, explicou Bruno Bispo dos Santos, agente recenseador em Malhador.


Bruno reforça a importância de receber os recenseadores e responderem o questionário, “cabe ressaltar e deixar todos tranquilos que o IBGE garante sigilo estatístico sobre os dados coletados, havendo punição para os responsáveis caso houver vazamentos de dados. É importante destacar que as informações são apenas de cunho coletivo. Por exemplo: são divulgadas apenas dados de um país, estado ou município e não da casa de Dona Maria ou Sr. João”.


Os recenseadores do concurso IBGE irão trabalhar com boné e colete azuis com a logomarca do IBGE. No colete, haverá também um crachá de identificação, onde vai constar a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador.


“O IBGE está a ativa há muito tempo e não tem com o que se preocupar. A coleta começa dia 1º e vai durar por volta de 3 meses. Nesse período há cerca de 190 mil recenseadores percorrendo todo o território nacional e juntando cada parte de um quebra cabeças (todas as partes do Brasil). Espero que nossa parte do quebra-cabeça (Malhador) seja colocada em destaque e assim sair na foto oficial ao fim no censo”, finaliza Bruno Bispo.


Por Cleber Santos

0 comentário

1/3

1/3

1/3

Malhador

1/3

1/3

1/3

1/3