Chuva forte e rajadas de ventos provocam estragos em várias regiões de Sergipe

As fortes chuvas que atingem o estado de Sergipe desde a madrugada desta quarta-feira (20) têm provocado estragos em todas as regiões. Rios e barragens transbordaram inundando cidades, a exemplo de Laranjeiras. Na capital, Aracaju, moradores do bairro Jabotiana e entorno estão preocupados com a barragem do rio Poxim, que atingiu 99% da capacidade. A Defesa Civil Estadual emitiu alerta para quem mora nas proximidades do rio, que pode transbordar a qualquer momento.



Segundo a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, há relatos de estragos em vários municípios.


Em Laranjeiras, o rio Cotinguiba transbordou inundando parte do Centro Histórico, moradores tiveram que abandonar as casas. Segundo a prefeitura do município, há mais de 20 anos que a cidade não passa por algo do tipo. A prefeitura disponibilizou duas escolas para abrigar as famílias.


O Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec) monitora a situação. O Corpo de Bombeiros também esteve no município e ajudou no resgate de famílias que ficaram ilhadas. Segundo a Defesa Civil, no município, três famílias estão desalojadas.


Técnicos da Defesa Civil Estadual também avaliaram in loco a situação da barragem Jacarecica II, que fica entre os municípios de Riachuelo e Malhador. “A barragem não encheu completamente, porém está menos de um metro para transbordar, portanto vamos solicitar à equipe da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma) para seguir realizando o monitoramento”, explica o diretor da Defesa Civil Estadual, major Luciano Queiroz.


Ainda na Grande Aracaju, o rio Poxim Mirim transbordou, deixando ilhados moradores do Povoado Lavandeira, em Nossa Senhora do Socorro.



Agreste


No Agreste do Estado, no município de Itabaiana, choveu cerca de 70mm nas últimas 24h, o grande volume de chuva alagou o centro comercial do município. Hoje (20) foi dia de feira na cidade serrana e os feirantes passaram parte da manhã com as bancas dentro d´água. Estragos também foram registrados em rodovias estaduais e federais.


Rodovias


Uma verdadeira cratera se abriu em um trecho da rodovia SE-255, que liga os municípios de Itaporanga D´Ajuda a Itabaiana, interrompendo o tráfego no local. A pista é nova e a obra ainda não foi totalmente concluída.

Segundo o diretor-presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), Carlos Alberto Araújo, uma equipe técnica esteve no local e todas as medidas emergenciais estão sendo adotadas.



”Enviamos nossa equipe ao local, composta pelo engenheiro fiscal da obra e por técnicos, para fazer o levantamento da situação. Por se tratar de uma rodovia ainda em construção, convocamos a empresa responsável pela sua execução, o consórcio Torre Patrol, que também está no local para examinar o ocorrido, e, com a diminuição das chuvas, possa iniciar a recuperação do trecho o mais breve possível”, afirmou.


Enquanto o trecho estiver interditado, o DER indica uma rota alternativa para o condutores: “Para chegar à Aracaju, quem está nos povoados Ipanema e Mata do Ipanema deve acessar a fazenda Escurial, também em Itaporanga D’Ajuda e pegar a BR-101, seguindo até a capital. Já quem está em Aracaju, para chegar aos povoados, é preciso ir pela BR-101, acessar a fazenda Escurial e ir para os povoados Ipanema e Mata do Ipanema. Quem estiver no Assentamento 13 de Março terá de vir pelo povoado Pedrinhas em Itabaiana, passando pelo Povoado Cafuz, sair na BR-235 e vir para Aracaju, sendo que na volta deve fazer o percurso contrário”.


Na BR-101 em Cristinápolis, houve um desmoronamento de parte da pista, no km 202 da rodovia federal, próximo ao posto fiscal, já perto da divisa com o Estado da Bahia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Sergipe informou que o trecho precisou ser interditado para garantir a segurança dos condutores. Equipes da PRF e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estão orientando o trânsito e fazendo a sinalização no local, na modalidade “Pare e Siga”, apenas para veículos leves.


Ainda de acordo com a PRF, o Dnit já iniciou as obras para a recompor o pavimento e a construção de um desvio. Após a finalização do desvio, os veículos pesados estarão autorizados para tráfego.


A PRF orienta ainda que os usuários procurem pontos de apoio para pernoite e evitem pegar a estrada.


Região Sul


Em Pedrinhas, Sul do Estado, o prédio da rodoviária do município não suportou o volume de chuva e parte da estrutura desabou.



Segundo a prefeitura, os engenheiros do município já haviam alertado para o risco de desabamento. A prefeitura pretendia fazer o reparo na fundação do prédio, mas em razão da pandemia as obras foram suspensas no mês de março. O prédio foi construído entre os anos de 2007 e 2008 e nunca foi inaugurado.


Em Estância, a ponte do Povoado Biriba voltou a ser arrastada pela força da água. Segundo moradores, essa é a terceira vez só este ano.



Por meio de nota, a prefeitura de Estância informou que o local foi interditado para evitar acidentes e que "no momento fica impossibilitada qualquer intervenção da administração municipal, mas que a equipe da Secretaria de Infraestrutura e Habitação vai elaborar um projeto para que seja aberta a licitação para construção de uma ponte de concreto no local, seguindo os trâmites burocráticos".


Enquanto isso, a comunidade deverá fazer o acesso à cidade pela ponte do Povoado Muculanduba ou pelo Povoado Rio Fundo.


Previsão do Tempo


Segundo o meteorologista Overland Amaral, o acumulado de chuva para o mês de maio em Sergipe está acima da média. Confira o que ele diz sobre os próximos dias.



Dados do Boletim do Tempo divulgado hoje pelo Centro de Análises e Previsão de Tempo e Clima, Meteorologia e Mudanças Climáticas (CMT) informam alta densidade de circulação de nuvens por todas as regiões do estado, e ainda uma vasta área de instabilidade sobre as mesorregiões Leste, Baixo São Francisco e parte da Grande Aracaju e Agreste Central. Caracterizando tempo predominantemente nublado com possibilidade de pancadas de chuvas nessas áreas. A meteorologia indica altos níveis de precipitação até o dia 25 de maio.


Em caso de emergência, a Defesa Civil estadual pode ser acionada através do 199, ou Corpo de Bombeiros pelo 193.


Fonte: F5 News

0 comentário