Alisson Menezes - Estou grávida, e agora? Posso fazer alguma atividade física?


A gravidez é um momento especial para a mãe, para o bebê e para todas as pessoas próximas. Muitas mudanças ocorrem nos nove meses de gestação. São mudanças tanto físicas quanto emocionais que influenciam e mudam o dia a dia da futura mamãe. Por isso, é importante entender a gestação e tudo que ela representa e traz de novidade e mudança.


Quando se fala em atividade física e/ou musculação durante a gestação, a maior parte da população se divide em relação a seu uso, porém a gestante deve realizar atividades de fortalecimento muscular pelo menos 2 dias por semana, como treinamento leve de resistência ou exercícios de peso corporal. Fazer alguma atividade física é sempre melhor que ficar parada mesmo durante a gravidez, exceto por restrições médicas.


Caminhadas leves, natação, hidroginástica, dança e musculação são bem vindos e associado a esses, não esquecer de exercícios de trabalho para o assoalho pélvico. A rotina pode começar na gravidez e tornar-se hábito para prevenção de incontinência urinária para o climatério.


A intensidade pode ser difícil de calibrar. Como saber se a intensidade está adequada? Uma das formas é conversar durante a atividade. Se você for capaz de conversar durante a atividade física, pode considerar intensidade moderada, se não conseguir, já estará com grande intensidade.


Vários estudos nos mostram os principais benefícios que uma gestante poderá obter ao praticar a musculação, tanto no primeiro trimestre de gravidez, quanto em toda a sua gestação, onde pode citar como exemplo:


● Ajuda no controle do peso corporal;

● Melhora o funcionamento do coração da gestante e do bebe;

● Melhora o humor, que pode oscilar muito nesta fase gestacional;

● Aumenta a disposição para as atividades do dia a dia;

● Ajuda a manter o seu condicionamento físico e também a sua força muscular;

● Ajuda a ter uma recuperação pós-parto melhor e mais rápida;


Mas é sempre bom lembrar que o treino para gestantes exige adaptações e conhecimentos específicos, portanto procure sempre um profissional qualificado.


SALES, T.J.P.; CANEPPELE, M.; MUNHOZ, C.J. M. OS BENEFÍCIOS DAS ATIVIDADES FÍSICAS PARA AS GESTANTES. FIGESC-Revista Internacional em Saúde Coletiva, v. 5, n. 5, p. 50-65, 2014.


0 comentário